domingo, 6 de abril de 2008

Socialmente Falando

Socialmente Falando

Ser social não é fazer social
Ser social é ir é vir
É entrar e sair
É ser...
Na hora da dor
Do amor , do pavor
Das coisas que ninguém pode ver
Das que ninguém quer saber
Ser é o que importa
Socialmente portar dentro de si
A vontade de querer e fazer
De mudar o cenário
De pensar o contrário
E contrariar o sitema
Da opressão que multila
A vontade dos desencorajados
Mortos em seu delitos que nunca cometeram

Nenhum comentário: