terça-feira, 24 de março de 2015

A ESTRADA VAI ALÉM DO QUE SE VÊ




Finalmente consegui parar, não demorei de propósito, mas é que olhei querendo saber mais, por achar que disseste tão pouco,  mas enfim,  vim aqui pra dizer que ta tudo indo vagarosamente e lentamente devagar, cultivando os mesmos hábitos de pensar e pensar todos os dias no mar de memórias, já é normal, já é hábito ir pra minha caixinha buscar lá o que é bom, o que é bem, o que faz bem e ameniza. 

"Moça, olha só o que eu te escrevi
É preciso força pra sonhar e perceber
Que a estrada vai além do que se vê..."
(Los Hermanos )

segunda-feira, 9 de março de 2015

A Praça




Venho aqui, periodicamente a esta praça, consultar meu coração, a procura de algo que me dê ao menos um retorno, uma notícia, um sinal de vida... nada obtenho, nada encontro, só ouço o silêncio, você nada diz. Mesmo assim, volto todos os dias, ainda que o tempo passe lentamente, mesmo com a praça vazia, me pego falando comigo mesmo, um monólogo entre eu e mim.