quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Lindemberg, Nayara e Eloá

Gostaria de comentar sobre os últimos acontecimentos que nos levaram a mais uma comoção nacional, o caso do sequestro de Santo André que envolveram alguns personagens e suas respectivas histórias que possivelmente continuarão a falar conosco durante muito tempo.
Parecia mais um casinho frenético de adolescente apaixonado, onde a qualquer momento tudo se resolveria e teriamos mais um final feliz. Pra quem acompanhou e torceu como eu, fica registrado algumas lições que gostaria de compartilhar nesse blog.
Lindemberg, o personagem desequilibrado e cruel que não exitou em executar seu plano até o fim, tirando a vida de sua "amada" por não adminitir o fim do relacinamento, desse personagem podemos aprender o que não devemos fazer como nos filmes e nas novelas...achando que o mundo é uma brincadeirinha e que logo tudo vai passar... a inconsequência frenética desse jovem o levou a ser eternamente "condenado" e lembrado pela maldade do desfecho trágico... recomendo que aprendamos com as palavras da mãe de Eloá... Eu o perdoo de todo coração.
Nayara, essa talvez tenha sido a personagem que emergiu do caos trazendo lições inimagináveis de como devemos amar até o fim... podemos reconhecer nessa jovem uma atitude de nobreza que levaremos conosco - se assim desejamos - para que possamos ententer algumas questões sobre amor e amizade. De fato alí se cumpriu uma palavra de Salomão que diz... "Em todo tempo ama ao amigo, e na hora da angústia faz-se o irmão" . Nayara coseguiu transcender ao caos da morte eminente e provou para todo mundo que devemos amar até o fim, dela levaremos essa lembrança viva de ter arriscado a própria vida para não deixar sua amiga se sentir só.
Eloá, uma adolescente cheia de vida vítima do inconsequente e maquiavélico namorado, que covardemente poe em prática seu plano mortal. O que Eloá provavelmente não sabia é que de uma forma naturamente "sobrenatural" sua morte traria vida a muitos, é isso, sua morte trouxe de fato VIDA. Uma personagem que lembraremos como vítima, mas que gerou específicamente para algumas pessoas uma nova esperança, uma nova chance, novos sonhos...tudo que seu ex-namorado lhe tirou foi levado para outras sete vidas.
Bom, com isso quero de alguma forma analisar essa história com outros olhos, com uma visão diferente sobre o Caos... querendo aqui confirmar a crença de que Deus está no controle de fato, que seu Espírito passeia nas trevas e leva vida através da morte... Deus fala, eu quero ouvir...
E diz...
" Eis que estarei convosco todos os dias, até a consumação dos séculos...."