sexta-feira, 27 de maio de 2011

Devedor De Mim Mesmo


A quem devo questionar se não for a mim mesmo, a quem devo completar senão o que me falta de mim. De maneira que isso é meu dever de cada dia, na incumbência de se estar pleno e consciente de tudo que está dentro e fora, dentro da missão e da razão pela qual me torno cônscio do que falta. É apenas mais um dia, e ele é único, não tornará atrás. O que fica é sempre a sensação de estar devendo algo, nada material, nada físico, mas devendo algo que não tem valor cotado em lugar algum, ou a não sei quem, senão a mim e que é intrínseco para mim, mas adiante descubro que isso sim é conscientizar-se de que sou devedor de mim mesmo.

Alex Possati (reflexão)

Nenhum comentário: