sábado, 26 de fevereiro de 2011

Igual a Você

Como não refletir nessa canção? como não se deileitar na letra de Salomão? como não se enchergar na ocasião? E não se pensar que de tudo que se vive e planta tem-se que colher, e que em todos os frutos bons e podres, existe um ser, igual a mim, igual a você!

Igual a Você
Salomão do Reggae

A forma que eu canto esta canção
não altero o que eu tenho no coração
ou não para o meu senhor
Minhas tatuagens meu jeito de ser
não espantam não botam pra correr
aqueles que querem a verdade
eu já sei o que vai dizer
eu sou diferente pode crer

Só que dentro de mim
existe um ser igual a você,
igual a você, igual a você,
que anda de terno e de gravata,
igual a você, igual a você,
que anda de carro magnata,
igual a você, igual a você,
que só faz compra no shopping da Barra,

Igual a você, Igual a você
que consegue tudo na pirraça,
Igual a você, Igual a você
que não gosta de gente de outra raça,
Igual a você, Igual a você
que faz tudo copiando a massa,
Igual a você, Igual a você
que só veste o que a moda te passa,
Igual a você, Igual a você

Quem condena meus dreads não sabe o valor
Que tem um Rasta nas mão do Senhor

Pra falar do amor, falar do amor
você que tem seu estilo
Não vai se calar diante daquele que quer condenar
pois quem condenar já está tão longe,
tão longe daquele que morreu
Pra dar a consciência que pode mudar
fazendo o homem amar outro ser igual a você,


Nenhum comentário: