sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Egito [2] Contrastes Com o Brasil

Não é final de campeonato no Brasil, também não é nenhuma micareta ou trio elétrico de carnaval, também não são os blocos da zona sul e zona norte do Rio de Janeiro, nem mais um arrastão de foliões em Salvador, nem tão pouco jogo do Brasil em copa do mundo visto em um telão de uma praça qualquer. Esse é o EGITO (que enquanto nós nos mobilizamos eufóricamente pra participar de todas as coisas que foram ditas anteriormente), entenderam o quanto de seus direitos são importantes, e nos dão a cada dia, repito, uma aula de reeinvidicações e postura diante do que está errado. Enquanto isso nos orgulhamos de ser a terra do Samba, Futebol e Carnaval.

Alex Possati (reflexão)

2 comentários:

Ingrid disse...

É realmente, brasileiro adora se juntar pra fazer festa,mas quem realmente faz a festa são os políticos que nos roubam e pagam suas vidas de luxo,com o dinheiro dos nossos impostos.Tínhamos que dar a louca como os egípcios.Ou melhor dar a louca não porque na verdade eles estão é certos ,loucos somos nós que não fazemos nada.

Helena de Campos disse...

"O montante aprovado para as campanhas publicitárias do governo no ano de 2011 é de R$ 622 milhões. O valor para o primeiro ano de governo de Dilma não é muito diferente da quantia utilizada no ano por Lula, que chegou a R$ 650 milhões. Com isso, o governo poderia gastar até R$ 1,7 milhão por dia com propagandas.
Como efeito de comparação, pode-se mencionar a quantia que o governo vai destinar para a reconstrução das cidades atingidas pelas chuvas na Região Serrana do Rio, liberados em medida provisória no valor de R$ 700 milhões. A verba ainda pode levar um ano para chegar ao seu destino. A cidade de Angra dos Reis, por exemplo, ainda aguarda, um ano após da catástrofe, 30 milhões da ajuda prometida pelo governo.
Os R$ 622 milhões serão divididos em 54 órgãos. A maior quantia ficou coma presidência, R$ 210,3 milhões, R$ 21 milhões a mais do que no ano passado. Além da presidência, o Ministério do Turismo também teve sua verba aumentada, totalizando R$ 6,7 milhões."





"O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, anunciou nesta terça-feira (8) a liberação de cerca de R$ 1,5 milhão para a escola de samba Grande Rio, que foi a mais prejudicada após o incêndio de segunda-feira (7), na Cidade do Samba, zona portuária carioca. A Portela e a União da Ilha receberão, cada uma, cerca de R$ 750 mil.
O prefeito disse que está tentando viabilizar os recursos com a inciativa privada e acredita que ainda hoje poderá negociar a liberação da verba. Segundo ele, caso não seja possível arrecadar o dinheiro por meio de patrocínio, a prefeitura vai arcar com os recursos, estimados em cerca de R$ 3 milhões."



Prioridades governamentais...


"E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará." (Mt24:12)