sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Sindrome de Elias

"E sucedeu que, ouvindo-a Elias, envolveu o seu rosto na sua capa, e saiu para fora, e pôs-se à entrada da caverna; e eis que veio a ele uma voz, que dizia: Que fazes aqui, Elias? ..." 1Reis 19:13

Acompanhei na integra o resgate dos mineiros do Chile, desde o primeiro instante, fitando os olhos a cada segundo e atento a cada narrativa na Globo News. Me emocionei, suspirei, vibrei com cada abraço e cada gesto de companherismo, solidariedade e superação que esses homens foram recebendo ao sair daquele angustiante buraco. Quem os recebia, era nada mais nada menos do que o excelentíssimo senhor presidente do Chile Sebastian Piñera e seus companheiros de trabalho, que acompanharam de perto todo o processo desse histórico resgate. Foi então nesse momento de euforia e plenitude que tive um insight ...

Parei pra refletir de forma totalmente contrária ao cenário do resgate, parei pra pensar em quantas pessoas que, ao invés de desejar ardentemente sair, desejariam a todo custo ENTRAR na caverna (mina), descer, ir até o fundo e ficar alí, por motívos múltilos e circunstancias, se prédispõe a entrar, descer, submergir em seus processos de fulga da realidade, lançando na caverna todas as suas mazelas e angústias. Para essas pessoas, não haverá espetáculo midiático, nem chefes de estado, nem pirotecnia, mas simplesmente uma voz mais eficaz do que qualquer cápsula de resgate que dirá: Que fazes aqui ?



Alex Possati ( reflexão )

Nenhum comentário: