sexta-feira, 15 de abril de 2016

OS DIAS


Os meus, vivo cada um de cada vez, vinte e quatro horas as vezes demoram, outras passam tão rápido que quando vejo o amanhã chegou, longe das horas tem os dias lentos? ah! os lentos, esses demoram que parece que o tempo parou em algum lugar, ficou agarrado que não solta, mas na média, todos são e sempre serão da alvorada ao por do sol, neles passam todas as histórias, todas as vidas, todos os pensamentos, todos os sentimentos que o dia oferece, nas oscilações, nas emoções, dias de sol, dias nublados, dias de frio ou calor, viver é saber contar os dias. [a.p]

Nenhum comentário: