quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

O QUE NÃO MATA, FAZ CRESCER !



Na ausência total de uma culpa velada, faz-se nascer a reflexão de tudo quanto mata a vida e des-mata a morte em vida, do fruto da morte-vida se aprende a colher as sementes de uma esperança regada de lágrimas, esperança essa que culmina na fé, no grão, na mostarda. Do pranto das mortes existentes, sejam ela de toda ordem, se faz nascer nova vida, do diagnóstico sombrio e quase insuportável é que se remedia com exatidão a tamanho do caminho que se deve percorrer, após a caverna, pra um horizonte diferente do atual, o que não se pode é absorver a sentença, seja ela qual for, somos maiores, somos imagem e semelhança, posto que o que não nos matou, pelo menos nos fez crescer. Sigamos em vida na VIDA que Ele prometeu ser abundante.

Alex Possati (reflexão)

Nenhum comentário: