quinta-feira, 19 de junho de 2008

Pique Esconde com Deus


Quem nunca brincou de pique esconde? Pois é, hoje vindo de ônibus, estava dando continuidade a minha leitura do livro " Deus (In) Visível do Phellip Yancey, leitura que, com toda certeza, recomendo a todos. Bom, em um certo trecho do livro ele consegue fazer uma fantástica comparação entre o relacionamento de Deus com nós humanos, fazendo alusão a uma brincadeira de infância que com certeza a maioria de nós já brincamos, o pique esconde , em que o maior objetivo é se manter escondido ao máximo para não ser encontrado. Porém, dentro de uma outra perspectiva, imagine uma criança que vá brincar com o pai, ela se esconde de maneira ingênua e, após a contagem do pai, ela continua dizendo: " Pode vir...", o pai a encontra facilmente, mas chama a atenção da criança dizendo que ela precisa ficar em silêncio após a contagem,para não ser descoberta, pois dessa maneira ele vai sempre encontrá-la facilmente. Entretanto, se você analisar melhor, o grande barato de brincar de "esconde-esconde" na visão da criança é o fato de ser encontrada pelo pai. Agora tente imaginar Deus no papel dessa criança, que com toda maestria vem tentando dar sinais de sua existência para humanidade, que insiste em tornar as coisas tão complexas, que de alguma maneira não consegue enxergar nas coisas simples - A presença de um Deus desesperado para ser encontrado por cada um de nós. Pense !
" Deus dá o suficiente para o buscarmos e nunca o bastante para encontrá-lo completamente. Ir além disso seria inibir nossa liberdade, e ela é muito cara para Deus..." Ron Hansen

"Atos 17:27 - Para que buscassem ao Senhor, se porventura, tateando, o pudessem achar; ainda que não está longe de cada um de nós.." Ap. Paulo

Nenhum comentário: