segunda-feira, 30 de julho de 2012

EXPECTATIVA

Minhas expectativas em relação ao outro me fazem cobrar dele o que eu desejo, não o que o outro até poderia dar, mas o que me falta por vez, isso acontece em todas as relações, amizade, relacionamento, convívios ou encontros casuais. Dentre esses sentimentos que nos norteiam e medem nossas demandas emocionais e relacionais, a expectativa é um tipo de ansiedade disfarçada ou uma carência mórbida por uma atenção a mais ou uma dose de afeto que falta em nossas receitas diárias. O correto seria não criar expectativas, para que sejamos cada vez mais equilibrados em nossos relacionamentos.

Alex Possati ( reflexão ) 

Nenhum comentário: