segunda-feira, 2 de abril de 2012

Um Deus, Um Salmo e Dois Nomes


Hoje pela manhã, ao olhar Luiza e João Guilherme dormindo com toda serenidade e mansidão que qualquer criança transpassa em seu sono, refleti sobre seus nomes e as escolhas feitas sobre eles. A sensação que tive é que não haveria outro nome que combinasse tanto com eles, ou seja, a impressão é que eles já existiam antes de "ser", sendo mais claro, João Guilherme e Luiza já existiam antes de existirem, portanto ao contemplar a identificação do nome com suas personalidades fui levado imediatamente ao verdadeiro sentido do salmo 139.

Ali no salmo, Deus demonstra total soberania sobre tudo e todos, e de uma forma introspectiva nos remete a pensar em como ele já sabia de nossa existência. Foi nesse paralelo que cheguei próximo do entendimento do salmo, João e Luiza já existiam de uma forma tão intensa antes de mim que nao haveria outra identidade que eu pudesse criar ou associar a seus nomes em completude com suas personalidades.

Pude então entender, mesmo que de uma forma rasa, que Deus realmente nos conhece antes de existirmos, que no seu livro todos os nossos dias ja estão escritos, e que de uma forma assombrosamente inimaginavel ele nos formou no ventre de nossa mãe e ja sabia de todos os nossos dias.

2 comentários:

Helena de Campos disse...

João Victor e Melina... sempre tive a mesma sensação em relação a eles. Coincidência de opiniões, tb, a respeito da soberania de Deus. Indiscutívei tais questões! Eu, pelo menos, não discuto! Simplesmente respeito e contemplo. Deus é o cara!!!!

Patty disse...

E na certeza desse cuidado de Deus é que caminha a vida. Saber que ele nos conhece, nos entende,e sabe de tudo, faz com que a caminhada do dia a dia se torne mais significativa. Que texto amigo, que Deus continue iluminando sua vida, seus caminhos e suas ideias pra nos levar ainda mais perto dos própositos dele. Muito show!!!