terça-feira, 24 de agosto de 2010

Corda Bamba



♫♪ Toda sinceridade cega
anuncia um fim de festa

...Todo medo eterno,
passa a cada amor que te sustenta.

A vida sempre acaba pra voltar.

Todo coro acaba mudo
e todo amor se diz seguro.

Em um segundo o mundo vai além...

E esta verdade esgota
qualquer retrato na porta,
a felicidade desbota também.

Estamos saindo da rota
pro tempo onde a vida é sem nota.

Estamos sim em corda bamba meu bem.

Todo refém de um sentimento
perde a razão em algum momento.

Toda poesia de quem ama
esconde a dor que se derrama.

Não há perdão que possa amenizar.

Porque a vida é sempre bela,
somente quando há paz na terra.

E paz não há se o homem pode amar ♫♪


(Fernando Temporão)

Um comentário:

Edson Duarte disse...

E ai amigão!!!
Passando para deixar um abraço!!!
Gostei das mudanças no Blog. Ficou muuito legal!!

Abrç!